Investimento

Por que fazer um loteamento?

Posted On
Postado por Fabiola Coelho

“Tenho terras e quero vender. Mas qual a forma mais lucrativa de ganhar dinheiro com isso?” Caso já tenha feito essa pergunta e procura respostas, esse texto é pra você! Já pensou em fazer um loteamento?

Transformar terrenos em loteamentos pode ser um excelente negócio! Incorporadoras sabem disso e estão sempre em busca de pessoas interessadas em vender suas propriedades.  

Se você é dono de uma área com potencial para construção, leia com atenção para entender porque você deveria transformar seu terreno em loteamento. 

O que é um loteamento? 

Loteamento é uma grande área de terra dividida em lotes. O loteamento é realizado para planejar a construção de bairros ou condomínios e pode ser do tipo aberto ou fechado

O tamanho e a localização do terreno são critérios para definir que tipo de construção será planejada:

  • Empreendimento de alto padrão
  • Empreendimento de casas populares 

E ainda, qual a finalidade do empreendimento:

  • Residencial
  • Comercial 
  • Híbrido 

Por que fazer um loteamento? 

Você é proprietário de uma fazenda improdutiva, recebeu terras como herança ou possui terrenos, mas não tem a menor vocação nem interesse para o segmento agrícola? Saiba que essas já são boas razões para estruturar um loteamento. 

Outro forte indício que mostra que vale a pena lotear é o movimento crescente da malha urbana que vem ocorrendo nas últimas décadas. Com a saturação nos centros urbanos e a busca por qualidade de vida, as perspectivas de crescimento neste segmento são muito favoráveis.  

Se você ainda precisa de justificativas mais sólidas para ser convencido a fazer um loteamento, iremos citar abaixo, mais 6 motivos que te farão pensar seriamente em investir no negócio. 

1. Rentabilidade 

Se você possui um terreno muito amplo e pensa em vendê-lo, saiba que se ele for dividido em diversos lotes, com o objetivo de prepará-lo para o lançamento de um empreendimento, irá gerar muito mais retorno financeiro do que simplesmente repassar a propriedade inteira.  

A venda das várias áreas menores somadas, pode chegar a até 5 vezes o valor do terreno bruto

O aumento da rentabilidade é justificado, principalmente, pelo fato de que o loteamento conta com benfeitorias não existentes em uma terra não loteada, como estrutura para sistema de água, esgoto e energia.

Tudo isso, juntamente com alguns outros fatores, colabora para a sua valorização. 

2. Valorização 

O cenário atual é muito favorável para os donos de terrenos, uma vez que há muita procura e pouca oferta. No ano de 2019, os preços de terrenos na capital paulista tiveram valorização de 20% a 30%.  

Para ampliar ainda mais a margem de ganhos, a melhor alternativa para o proprietário é lotear as suas terras.  

Como citamos no item anterior, uma das exigências para o lançamento de loteamentos, é oferecer infraestrutura. Isso significa planejar melhorias e colaborar com o desenvolvimento e valorização da área e seu entorno, expandindo seu potencial de crescimento. 

Conclusão óbvia: quanto mais benfeitorias tiver uma área, maior será o valor de venda do lote. 

3. Economia 

Investir em loteamentos é um ótimo negócio tanto para quem vende como para quem compra.

Construir imóveis para vender, resulta em um custo final maior do que a construção de um loteamento, assim como comprar um lote sai muito mais barato do que uma casa ou apartamento prontos. 

Portanto, se você é proprietário de terrenos e tinha intenção de construir imóveis nas áreas, com o intuito de ampliar a margem de ganho antes de vender, saiba que essa não é a única opção de negócio.

Existe essa outra possibilidade para trazer retorno financeiro: a construção de loteamentos. 

4. Mercado em alta 

O mercado imobiliário está aquecido no segmento de loteamentos. É o que indica o relatório da Secovi-SP, maior sindicato imobiliário da América Latina, que ao comparar o último trimestre de 2019 com o do ano anterior, registrou aumento de 44% no lançamento de lotes no Estado de São Paulo. 

E o cenário positivo não se restringe apenas ao Estado mais populoso do Brasil, mas se reflete nacionalmente, conforme estimativas do setor. Segundo o Secovi-MG, entre março e julho de 2020, em meio a pandemia de Covid-19, houve um crescimento de até 200% nas vendas de lotes no país, comparado ao mesmo período do ano anterior. 

5. Demanda por qualidade de vida 

Outro forte motivo é a demanda, justificada principalmente, pela busca por qualidade de vida. Os centros urbanos estão cada vez mais saturados e o trânsito, barulho e poluição tem sido algumas das causas de stress e doenças cardíacas, respiratórias e psicológicas.  

home office acendeu ainda mais esse desejo de valorizar o bem-estar. A mudança de hábitos na maneira de se trabalhar, com empresas aderindo ao trabalho remoto, permitiu novas perspectivas.  

A localização central de moradias, para facilitar o trajeto até o emprego, por exemplo, deixou de ser o principal fator decisivo para a escolha do lar. Hoje, as pessoas tem optado por infraestrutura e conforto, encontrados em regiões mais afastadas e com área verde.   

6. Facilidade de pagamento 

O custo de um lote é expressivamente menor do que de um imóvel construído. Isso permite que, tanto pessoas que possuam reserva financeira, como aquelas com orçamento reduzido, possam comprar uma área.  

Quem não tem condições de pagar à vista, consegue administrar um financiamento de um lote, com valores de entrada e de parcelas muito inferiores, se comparadas às de imóveis prontos.  

A queda dos juros no momento atual facilita ainda mais a aquisição de empréstimos e parcelamentos imobiliários. Isso é comprovado pelo aumento de quase 30% neste tipo de financiamento no primeiro semestre de 2020, conforme boletim da ABECIP (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança). 

Fonte: ABECIP

Isso significa que loteamentos são acessíveis tanto para clientes com perfil de alto padrão, como para aqueles com renda popular. Ou seja, existe um enorme e diversificado mercado à sua disposição.  

Entendeu porque é tão vantajoso investir em loteamentos? Então agora é hora de aprender como fazer. Se você possui um terreno com potencial e pretende seguir este caminho, continue acompanhando nossos conteúdos para aprender mais sobre o assunto.  


Acompanhe nosso blog e redes sociais para se manter atualizado. E acesse o site Imóveis Virtuais para buscar parcerias com incorporadoras, construtoras e corretores que possam ajudar a estruturar seu terreno e a divulgar o loteamento! 

POSTS RELACIONADOS

12 thoughts on “Por que fazer um loteamento?
  1. Angela Maria Etruri

    Tenho uma área de 60.000 m as margens do rio Tietê ,em Novo Horizonte SP,quero fazer um loteamento .
    O lugar é lindíssimo .
    Loteamento para lazer é um bom empreendimento ?

    • Fabiola Coelho

      Olá, Angela! Você quer dizer um loteamento com área de lazer? Ou um empreendimento como um clube? Loteamento com área de lazer é uma tendência forte e atrativa, mas depende muito da legislação local e do aproveitamento do terreno. É preciso consultar o que é permitido pelos órgãos municipais e ambientais para analisar a viabilidade do empreendimento.

    • Clécia

      Oi Angela. Podemos conversar, tenho estudado sobre o assunto.

  2. Iolanda Ferreira Rezende

    Gostei das duas informações. Tenho 11 alqueires de terras em Goiás. Quero lotear a metade em chácaras. Gostaria que me orientasse nas providências que devo tomar para ter um loteamento regularizado.

    • Fabiola Coelho

      Olá, Iolanda! O passo a passo para se fazer um loteamento é complexo. A primeira coisa é procurar alguém especializado para fazer as análises de viabilidade e os projetos necessários para encaminhar para aprovação nos órgãos competentes. O mais indicado é fazer parceria ou sociedade com alguma loteadora ou incorporadora da sua região. Neste post, explicamos alguns tipos de negociação possíveis entre o dono do terreno e loteadoras ou incorporadoras: https://www.instagram.com/p/CNa2B4AlAZm/ Esperamos ter ajudado!

    • Clécia

      Iolanda, posso te ajudar.

  3. Roberto

    Boa tarde!
    Estou querendo comprar um terreno de mil m2 em um loteamento de chácara fechado, são muitos lotes, como eu faço para saber se não estarei entrando em um golpe?

    • Fabiola Coelho

      Olá, Roberto! Consultar a documentação do terreno para ter certeza que ele está regularizado e pesquisar também sobre a reputação da incorporadora responsável pelo loteamento são duas questões fundamentais para ter certeza de que está fazendo um bom negócio. Escrevemos um outro artigo bem interessante com dicas para se atentar antes de confirmar a compra do lote. Sugerimos dar uma lida: https://imoveisvirtuais.com.br/blog/7-dicas-para-comprar-lote/ Esperamos ter ajudado!

  4. Sandro Santana

    Tenho um terreno de 12 mil m2. Dá p/ fazer um loteamento?

    • Fabiola Coelho

      Olá, Sandro. Talvez seja possível negociar com loteadoras que trabalham com projetos Minha Casa Minha Vida (hoje chamado de Casa Verde e Amarela).

  5. Carlos Augusto

    Dicas valiosas, odorei as informações e argumentações de venda e de compra.

    • Fabiola Coelho

      Que bom que gostou, Carlos Augusto! Obrigada pelo comentário! Continue acompanhando nossos artigos por aqui ou inscreva-se pra receber em seu e-mail, se preferir. Aproveite para acessar mais conteúdos em nossas redes sociais também! Estamos no Instagram, Facebook e Linkedin.

DEIXE UM COMENTÁRIO

nove − 3 =